Páginas

Mostrando postagens com marcador Harry Potter. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Harry Potter. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Especial Harry Potter: Os Marotos

Oi Pessoal, tudo bem?

Fiz uma enquete no aplicativo Amino Harry Potter sobre qual tema os fãs mais gostam de ler. O tema que venceu foi "Os Marotos". Por isso peguei um texto do Pottermore e traduzi com algumas adaptações para vocês.

No site Pottermore tem varias curiosidades sobre os 4 amigos criadores do Mapa do maroto. James Potter, Sirius Black, Remus Lupin e Peter Pettigrew.


Os amigos iniciaram a exploração do terreno para ajudar Lupin com sua Licantropia. Antes da invenção da Poção de Wolfsbane, Lupin era obrigado a sofrer uma transformação insidiosa toda lua cheia. Sua condição foi descoberta por seus três melhores amigos, eles buscaram uma maneira de tornar suas transformações menos solitárias e dolorosas, o que levou a que aprendessem a se tornar Animago, para que pudessem mantê-lo sem prejudicar.
A habilidade de Sirius Black, Peter Pettigrew e James Potter de se tornar, respectivamente, um cão, um rato e um servo, permitiu que eles explorassem os terrenos do castelo durante a noite sem ser detectados. Entretanto, o interior do castelo foi mapeado ao longo do tempo com a ajuda da capa de invisibilidade de James Potter.

O Mapa do Maroto é um testemunho duradouro da habilidade mágica avançada dos quatro amigos que incluíram o pai, o padrinho e o professor favorito de Harry Potter. O mapa que eles criaram durante o seu tempo em Hogwarts parece ser um pedaço de pergaminho em branco, a menos que seja ativado pela frase: juro solenemente que não fazer nada de bom, uma frase que, no caso de três dos quatro fabricantes, deveria ser uma piada. O "nada de bom" do qual eles escreveram nunca denotou a magia das Sombras, mas as regras da escola; Outra graça é evidenciada pelo uso de seus próprios apelidos no mapa ("Senhores Aluado, Rabicho, Almofadinhas e Pontas").

A magia usada na criação do mapa é avançada e impressionante; Inclui o Homonculous Charm, permitindo ao possuidor do mapa rastrear os movimentos de cada pessoa no castelo, e também foi encantado para repelir para sempre (tão insultante quanto possível) a curiosidade de seu inimigo, Severus Snape.

Embora as circunstâncias precisas em torno da perda do seu mapa por parte dos fabricantes não sejam dadas nos romances de Harry Potter, é fácil concluir que acabaram encurralados por Argus Filch, provavelmente em uma sugestão de Snape, cujo a obsessão tornou-se para expor seu rival, James Potter, em uma ação errada. A obra-prima do mapa foi confiscado de Sirius, James, Remus e Peter no último ano e nenhum deles conseguiu roubá-lo de um Filch bem preparado e suspeito. Em qualquer caso, suas prioridades mudaram em seus últimos meses na escola, tornando-se muito mais séria e focadas no mundo além de Hogwarts, onde Lord Voldemort estava subindo ao poder com sucesso. Todos os quatro criadores do mapa seriam induzidos em breve na organização renegada liderada por Albus Dumbledore, a Ordem da Fênix e um mapa da velha escola - por mais engenhoso que seja - não seria mais útil para eles, exceto como uma peça de nostalgia.

O Mapa do Maroto foi, no entanto, de uso imenso para os jovens gêmeos Weasley. A história da aquisição de Fred e George do mapa é contada em Harry Potter e no Prisioneiro de Azkaban. Era uma marca de sua alta estima por Harry Potter, e sua crença de que ele precisava de ajuda com um destino que nenhum deles ainda compreendia completamente, que mais tarde lhe dão o mapa, ignorando-o involuntariamente para o filho de um Dos criadores.

O mapa foi posteriormente confiscado de Harry Potter por um Comensal da Morte disfarçado na escola, que a reconheceu como uma fonte provável de sua própria descoberta.

J.K. Pensamentos de Rowling

O Mapa do Maroto tornou-se mais uma vez um verdadeiro obstáculo para o seu verdadeiro criador (eu), porque permitiu a Harry um pouco de liberdade de informação. Nunca mostrei que Harry tirasse o mapa do escritório vazio de (um suposto) Olho-tonto Moody, e às vezes me arrependi de não ter recusado esse erro para deixá-lo lá. No entanto, eu gosto do momento em que Harry observa o ponto de Ginny se movendo em torno da escola em Relíquias da Morte, então estou feliz por ter deixado Harry reclamar sua legítima propriedade.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Coleção de Harry Potter

Oi Pessoal,



O vídeo dessa vez é mostrando a coleção de Harry Potter!! Não esqueçam de curtir o video e se inscrever no canal!!

segunda-feira, 26 de junho de 2017

20 anos de Harry Potter

Oi Pessoal,

Hoje, 26 de Junho, faz vinte anos do lançamento do primeiro livro de Harry Potter e como este blog é de uma Potterhead, teremos uma semana de posts sobre o tema!!!

Se você é novinho e não leu os livros....trate ler, porque é aquela leitura obrigatória para a vida. Uma história que vai muito além de feitiços e poções. É sobre amor, amizade, família e sobre crescer.
J.K. Rowling escreveu a história em uma viagem de trem e durante muito tempo tentou publica-la, felizmente uma editora aceitou e tudo acabou acontecendo.
Se você é mesma geração que eu e sente falta das histórias, precisa conhecer o site Pottermore, lá tem contos sobre o mundo bruxo, deixando um calorzinho no coração para os fãs dos livros.


Lá você pode descobrir a sua casa em Hogwarts, o Patrono, sua casa em Ilvermorny 
escola de magia dos E.U.A. e sua varinha. No site você também pode fazer parte do clube de leitura e ler ou reler os livros e explorar assuntos determinados.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Ultimos dias da CCXP - Evanna Lynch, Guardiões da galaxia e painel da Netflix

Oi pessoal,

Super vídeo para vocês, não deixem de assistir! Se inscrevam e comentem no canal :)









segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Dica de cinema: Animais fantásticos e onde habitam

Oi Pessoal,

Quinta feira estreou o filme que nos levou de volta ao mundo mágico criado por J. K. Rowling. Assisti ao filme neste sábado e chegou a hora de fazer a resenha para vocês. Não se preocupem, não terá Spoilers.

O filme nos apresenta não só novos personagens, mas toda uma cultura bruxa diferente em uma época muito diferente, Enquanto a história de Harry Potter se passa em 1990 e os anos seguintes, Newt Scamander e seus animais são de 1926.

Newt é um homem tímido, com dificuldades para se conversar com outras pessoas, ele e sua maleta magica repleta de animais encantados chegam à Nova York e causam confusão por onde passam.
O trouxa, ou como dizem os americanos Não-maj, Jacob fica responsável pelo humor do filme, o alivio comico em momentos de tensão e também o personagem que se encanta por esse mundo de mágia, tem o olhar do novo expectador, aquele que não necessariamente assistiu aos filmes de do Menino-que-sobreviveu.

Além dos dois, o lado dos hérois também conta com as irmãs Goldstein, Tina trabalha no MACUSA (Congersso Magico dos Estados Unidos da America) e Queenie consegue ler o pensamento dos outros. A dinâmica entre os quatro é muito legal, mostra uma amizade como J.K. já provou que sabe fazer.

Os vilões do filme são ótimos, as cenas com os dois (depois que assistirem me contem se acham que tinha um ou dois vilões) me deixou super tensa de um jeito bem parecido com os filmes anteriores, mas como desta vez eu não sabia o que poderia acontecer a sensação foi bem diferente.

Não sou muito fã do Collin Farrell, acho que ele sempre faz caras muito exageradas e expressões iguais, mas gostei muito da atuação dele e em nenhum momento achei exagerado. O Eddie foi perfeito, adoro a atuação dele, teatral e delicada, exatamente como eu imaginei que era o Newt, que tem mais jeito com os animais do que com as pessoas.

Esperei um pouco pra escrever porque estava muito emocionada, cheguei a chorar já no logo da Warner, quando tocou a musica. Muito bom voltar ao mundo mágico.




quinta-feira, 24 de março de 2016

Harry Potter and the cursed child no Brasil!

Oi Pessoal!!!

Em versão extraordinária hoje teremos mais um post!!!!

domingo, 24 de maio de 2015

Tag: Quatro elementos

Oi pessoal, tudo bem?

Encontrei essa TAG no Instagram Paginas em azul, um IG que eu sigo e adoro as fotos dos livros, já aumentei minha lista por causadas fotos lindas. Vamos tentar responder.

1- Encontre um livro com agua na capa
O signo dos quatro


2- Um Livro azul
Will & Will
nossa descobri que tenho muito livro azul!

3- Um livro com fogo na capa
Harry Potter e as Reliquias da Morte
não é bem fogo, mas era o que chegava mais perto

4- Um livro vermelho
A Parisiense

5- Um livro com terra na capa
Aprendendo a seduzir

6- Um livro verde
Cidade dos Ossos


7- Um livro com ar
Harry Potter e o Prizioneiro de Azkaban

sempre que vejo essa capa eu respiro fundo, acho que tem a ver com eles estarem voando e eu ter medo de altura

8- Um livro branco
Modos de homem e modas de mulher

Apesar da lombada ser preta a capa é branca.

Que difícil responder essa TAG!!!! Espero que vocês tenham curtido tanto quanto eu curti.
Eu indico para a Ale, do Estante da Ale
Beijos
-Lali

terça-feira, 2 de setembro de 2014

TAG: Feitiços Harry Potter - Parte 2



Oi leitores do Tear!

Hoje será a segunda parte da TAG: Feitiços Harry Potter...deixem seus comentarios!!! Eu estou com problemas para que apareça a resposta, mas eu gosto de ler os cometários e quero agradecer a todos... espero que gostem e fiquem a vontade para fazerem!

TAG: Feitiços Harry Potter

Sonorus: Um livro que você acha que todo mundo deveria ler:


A Culpa é das Estrelas - John Green


Sinopse: A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.



Opinião: Para mim todo mundo tem que ler um livro que te ensina a viver. Apesar de as personagens estarem fadados a morrer, quer dizer, todos estamos,mas o fato de eles saberem que lhes será roubado um tempo, não faz com que sejam coitados ou que deixem de querer fazer as coisas que tem vontade. Um livro que ensina a viver.

Obliviate: Um livro que você gostaria de ter esquecido de ter lido:





Drácula - O vampiro da Noite - Bram Stoker


Sinopse: Drácula é uma história que se inicia num castelo desolado nas sombrias florestas da Transilvânia. Lá, um jovem inglês é mantido em cativeiro, à espera de um destino terrível. Longe dele, sua noiva bela e jovem é atacada por uma doença misteriosa que parece extrair o sangue de suas veias. Por trás de tudo, a força sinistra que ameaça suas vidas: Conde Drácula, o vampiro vindo do fundo dos séculos


Opinião: Não que o livro seja ruim, mas acho que li no momento errado, tanto que ao procurar a sinopse pra por aqui li que há lobisomens na história e, sinceramente, não me lembro disso...Talvez um dia eu leia de novo e não leve seis meses pra ler.

Imperio: Um livro que você teve que ler para escola:




O Vampiro que descobriu o Brasil


Sinopse: Lisboa, 1500. Antônio é mordido no pescoço e se transforma num vampiro. Inconformado e não desejando a imortalidade, ele descobre que, para desfazer a maldição, terá de reencontrar seu agressor - que está justamente entre a tripulação de Pedro Álvares Cabral! Enquanto procura por seu inimigo em desventuras cômicas, ele vai se tornando - acidentalmente - a maior testemunha da História brasileira. Por cinco séculos, acompanha o crescimento de uma nação: Colônia, Império e República. Do "terra à vista" de 22 de abril à era globalizada do século XXI, sua trajetória cruza a de várias figuras de carne e osso: Tiradentes, Calabar, Dom João VI, Dom Pedro I, Getúlio Vargas, Castelo Branco, Tancredo Neves...
Uma visão irreverente do nosso país, num misto de realidade e ficção.


Opinião: Se você me perguntar quando que li estre livro pra escola eu não saberei responder. Mas o livro marcou todos os meus ex-colegas de escola, alguns porque gostaram, outros porque detestaram. O livro mistura fantasia com história do Brasil, então para quem gosta dos dois é perfeito. Já reli o livro várias vezes e é bem divertido e com uma linguagem leve, então super recomendo.


Crucio: Um livro que foi doloroso para ler:





Orgulho e Preconceito - Jane Austin

Sinopse: Na Inglaterra do final do século XVIII, as possibilidades de ascensão social eram limitadas para uma mulher sem dote. Elizabeth Bennet, de vinte anos, uma das cinco filhas de um espirituoso, mas imprudente senhor, no entanto, é um novo tipo de heroína, que não precisará de estereótipos femininos para conquistar o nobre Fitzwilliam Darcy e defender suas posições com perfeita lucidez de uma filósofa liberal da província. Lizzy é uma espécie de Cinderela esclarecida, iluminista, protofeminista. Neste livro, Jane Austen faz também uma crítica à futilidade das mulheres na voz dessa admirável heroína — recompensada, ao final, com uma felicidade que não lhe parecia possível na classe em que nasceu.


Opinião: Ainda não consegui passar do Capítulo 4!!!! Já tentei ler umas dez vezes, a leitura é maçante e não evolui e me dá preguiça, mas ainda pretendo terminar.

Avada Kedrava: Um livro que pode matar...


A última música


Sinopse: Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida. 

Opinião:  Não diria que é um livro que pode matar, mas fiquei realmente muito triste como decorrer da história. A forma como o filme me fez perceber que devemos aproveitar cada momento com as pessoas que amamos, pois elas não estarão lá para sempre. Isso é o que eu acho que pode matar, a culpa por não ter aproveitado aquele momento, a culpa por ter brigado com aquela pessoa amada e nunca poder pedir desculpa,porque ela já se foi.


E você? Faça e me avise! ;)

P.S.: Eliana do Blog Construindo Estante, obrigada pelo comentário na parte 1. Tenho certeza que você irá adorar os livros do Harry e Formaturas Infernais.

Ale, leia Clarice sim, é meio difícil, mas você tira de letra rsrs Beijos.

quarta-feira, 31 de julho de 2013

The making of Harry Potter

Meu passeio mais esperado. Fiquei semanas pensando em como seria este passeio e nas milhares de fotos que tiraria e tudo de maravilhoso que veria nos Estúdios da Warner Bros.
O lugar é magico, você consegue sentir isso quando passa os portões e ainda do estacionamento consegue ver o Nôitibus Andante, com seu roxo impactante (já que aqui os ônibus são vermelhos...ou verdes). Quando compra o ticket você recebe um passaporte para carimbar ao longo do tour e ter como lembrança.

Depois de passar a porta, há um inscrição e moldes das mãos dos três atores principais, obvio que coloquei minha mão no molde da Emma Watson, só para comparar.



Então você passa por outra porta e vai para a fila. Enquanto espera para apresentar seu ingresso (que tem o horário em que você pode entrar na fila), você pode ver o carro mágico de "Câmara secreta" e um mecanismo que fazia parte do escritório do Lupin. Antes de entrar você passa pelo quarto embaixo da escada e vê algumas fotos dos Dusleys. Passando a porta você entra em uma sala com vários painéis eletrônicos mostrando cartazes do Harry no mundo todo (tentei achar o do Brasil, mas mudava tão rápido).







A próxima parte é o cinema, que faz você ficar ainda mais empolgado com o passeio. É nesta parte que você descobre a porta que irá para o salão principal, onde você encontra as roupas usadas por cada professor e os uniformes. É legal ver como o tamanho do Daniel mudou do primeiro para o último.

























Se você esta pensando em fazer esse passeio, vá em frente. Vale muito a pena. As fotos maravilhosas que você viu neste post foram tiradas por uma colega na Kaplan. Mais fotos no meu Facebook